Bomba, para malhar isso aqui é bomba?!

(Se você não pegou a referência do título relembre esse fenômeno musical clicando aqui )

8669a643d1fd032e19486071eb7494c9

Ilustração de Jonas Bergstrand

Victor entrou na academia com 14 anos de idade pelo incentivo de sua mãe por motivos primordialmente de saúde. O médico o diagnosticou como ectomorfo, como se chama cientificamente o sujeito “mirrado”. No início ele não gostava de ir a academia e por isso era desleixado em suas obrigações com a mesma. Mas percebeu que isso não surtiria nenhum efeito e decidiu mudar. Hoje Victor Lelis é youtuber fitness e tem sua própria loja de suplementos.

Ele lembra em meio a curtos risos da primeira vez que tomou um proteico, depois de um ano na academia. A novidade de suplemento deixou sua mãe desconcertada, pois na época não se tinha acesso a informação como atualmente. “As pessoas sempre confundiam suplemento com bomba, que na verdade não tem nada a ver”, diz. Mesmo tendo consciência de que o suplemento não era um anabolizante, ele admite ter errado em não consultar um profissional de nutrição antes de começar a usar. A falta de orientação física resultou em uma lesão no ombro que rendeu duas semanas sem exercícios. Além disso, Victor acabou engordando muito por acreditar que o alto consumo de calorias iria ajuda-lo a desenvolver melhor os músculos.

O professor de boxe e especialista em treinamento desportivo, Carlos Bruce, adverte que no meio do fitness nenhuma droga é tão importante quanto os pilares do treinamento. Os três pontos essenciais são: treino com intensidade, descanso e alimentação adequada. Tanto Bruce quanto Vitor realçam que coisas conquistadas com facilidade cobram dívidas das quais serão pagas com dificuldade no futuro. Mais do que isso, o treinador desaconselha a automedicação.

“Desconfie das facilidades e tenha muita paciência”, conclui.

De acordo com a classificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), suplementos são alimentos com fins especiais para atletas, ou seja, pessoas que fazem esforço muscular intenso. A educadora em alimentação e saúde Isabelle Zanoni afirma que o uso de suplementos ou anabolizantes pode melhorar o desempenho físico de forma saudável uma vez que o uso seja controlado e acompanhado por especialistas.  Em poucas palavras, anabolizante é uma substância que promove o anabolismo, ou seja, crescimento. Diferente de muitos alimentos que se encaixam nessa categoria, ela explica que os anabolizantes são hormônios esteroides geralmente derivados da testosterona. Assim, eles promovem maior perda de gordura e ganho de massa.

A procura pelas “bombas” acontece pela promessa de ganho de força muscular e aumento da mesma. Além disso, o anabolizante tem uso benéfico para tratamento de algumas doenças como pacientes de AIDs e anorexia justamente por ajuda-los a voltar ao peso normal. Eles existem na forma de comprimidos, cápsulas e injeções. De acordo com Carlos Bruce, a injeção mal aplicada causa implicações negativas perpétuas. Quando uma pessoa que não precisa de mais hormônio toma esse tipo de medicação, pode haver muitos efeitos colaterais, a saber, desde infecções na pele até evolução de alguns tipos de câncer e diminuição da produção hormonal natural entre diversos problemas. “Cada organismo reage de formas diferentes”, relata Bruce.

Quando usou anabolizantes, Victor teve acompanhamento médico, mas admite não ter gostado do resultado em comparação ao que esperava. Pelo contrário, teve efeitos colaterais como tonturas, dor de cabeça e espinhas. “Pra mim não valeu a pena e eu não indico de forma alguma ninguém utilizar isso.”, declara. Mesmo que não recomende a utilização para pessoas que querem ostentar o corpão na praia ou no carnaval, ele entende que para situações como competições de fisiculturismo é impossível não utilizar as famosas bombas.

Isabelle não acredita que essas substâncias sejam viciantes, mas explica o que acontece na prática. “A pessoa sempre vai querer buscar algo a mais e o uso acaba sendo recorrente, muitas vezes em doses mais altas”, diz. Ela gostaria que a população de forma geral se preocupasse mais com saúde e bem estar, respeitando o próprio corpo e seus limites. “Ter um estilo de vida saudável é para sempre, e dieta tem que ser algo incorporado”, completa.

Victor conta que já passou por preconceito por levar isso a sério, especialmente pelo dito popular de que pessoas como ele têm muito músculo e pouco cérebro. Ele é prova física contra esse pensamento, pois estuda Design Gráfico e fala inglês fluentemente. “Eu pratico musculação na verdade para me sentir bem comigo mesmo, levo fitness como um estilo de vida saudável”, conta o youtuber. O equilíbrio entre os pilares que Carlos Bruce comenta na verdade promovem o intelecto de qualquer pessoa, uma vez que corpo e mente estão estritamente ligados. Por isso o acompanhamento profissional é tão importante.

O maromba acredita ser possível atingir ótimos resultados sem a utilização da suplementação. “Na verdade o alimento sólido é muito melhor e muito mais rico em nutrientes no modo geral do que a suplementação”, afirma Lelis. Ele recomenda o uso de suplemento para praticidade, usando o exemplo de alguém que tem pouco tempo para se alimentar bem. Existem casos específicos como a creatina (substância auxiliadora no ganho de força) que suplementa um quilo de carne vermelha.

Lelis cresceu muito – em todos os sentidos da sentença – desde que começou a praticar musculação até hoje. Antes, pensava que era só ir à academia e construir o corpo que quisesse.

“A musculação é algo de 24 horas por dia, não só daquelas duas horas que você fica dentro da academia”, esclarece Victor.

Assim como os profissionais da área, ele enfatiza sobre a importância da boa alimentação e descanso apropriados para resultados mais efetivos e satisfatórios.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s